sábado, 7 de janeiro de 2012

FLORES QUE ACONTECEM



- Estou no meio do Alentejo e apetece-me mandar-te um beijo. Dizias.
E eu sonhava um beijo largo…
Um beijo silencioso e quente, tal qual a brisa da planície.
Era maio, as papoilas e as margaridas cobriam os campos num mar de cor…
Flores que ninguém semeou, ninguém sabe como apareceram…
Flores que simplesmente e silenciosamente acontecem
como o beijo que quero dar-te
agora!

1 comentário:

Lu disse...

Acontecem as flores e espero que também aconteça o beijo...