segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

COISAS DO MAR E DA TERRA


«No dia seguinte, logo de manhã, o rapaz foi ao seu jardim e colheu uma rosa encarnada muito perfumada. Foi para a praia e procurou o lugar da véspera.

-Bom dia, bom dia, bom dia - disseram a Menina, o polvo, o caranguejo e o peixe.

-Bom dia - disse o rapaz. E ajoelhou-se na água, em frente da Menina do Mar.

-Trago-te aqui uma flor da terra -disse; chama-se rosa.

É linda, é linda disse a Menina do Mar, dando palmas de alegria e correndo e saltando em roda da rosa.

-Respira o seu cheiro para veres como é perfumada.
A Menina pôs a cabeça dentro do cálice da rosa e respirou longamente. Depois levantou a cabeça e disse suspirando:

-É um perfume maravilhoso. No mar não há perfume assim. Mas estou tonta e um bocadinho triste. As coisas da terra são esquisitas. São diferentes das coisas do mar. No mar há monstros e perigos, mas as coisas bonitas são alegres. Na terra há tristeza dentro das coisas bonitas.

-Isso é por causa da saudade - disse o rapaz.

-Mas o que é a saudade perguntou a Menina do Mar.

-A saudade é a tristeza que fica em nós quando as coisas de que gostamos se vão embora.»


Sophia de Mello Breyner Andresen in A Menina do Mar


3 comentários:

luisa disse...

Quem lhe anda a mandar esse tipos comentarios deve ser um autentico frustado ou frutada,tambem uma grande dor de cotovelo,por nao ter o seu tipo de inteligencia . Gente de tipo e lixo.Contino a ser como .

Ana disse...

...E o menino, da casa branca, transformou-se em menino do mar, e foi ter com a menina do mar, depois de tomar a poção que a gaivota lhe trouxera.

Uma linda história que li há muitos anos.
Tenho que a ler, novamente, desta vez na companhia dos meus filhos.

Obrigada por, mais uma vez, nos recordar lindas histórias.

Esta história esteve muito tempo em cena no teatro.

Faz-me recordar, também, que tenho que ir, novamente, ao teatro.

Diana disse...

Linda historia e grande escritora, gosto muito de Sophia de Mello Breyner, a escrita dela encanta-nos assim como as suas historias e poemas cheios de encanto.