quinta-feira, 25 de outubro de 2012

" PARA SE SER FELIZ É PRECISO FAZER DE CONTA "





A meu pedido a Dona Graça fez aparecer na sala uma abóbora.

E já se sabe, fazer aparecer uma abóbora na sala não tem nada de especial… Embora convenhamos que uma abóbora na sala soa um bocadito estranho! A não ser, como aconteceu, que seja uma abóbora na sala de aula!

Assim que a descobriram, os meninos logo quiseram saber de onde teria vindo?!

Não podia ter nascido na sala, disse a Bruna. E na horta da varanda não cresceu nenhuma! Pois toda a gente sabe que as abóboras precisam de terra para se deitar e crescer!

Talvez fosse a Fada Madrinha, aquela que transformou a abóbora numa carruagem para a princesa ir ao baile! Juntou a Mariana.

Propus então aos meninos que juntos tentassem um feitiço…

Fechavam os olhos, diziam as palavras mágicas, mas os feitiços não pegavam!

- Acho que é porque não temos pó de fada. Dizia a Marta.

- Os feitiços são muito difíceis! Era o Afonso que falava.

Foi então depois de acesa discussão, que tentamos um feitiço a várias mãos e muito, muito doce!

E eis como a abóbora que apareceu na sala de aula se transformou não, em carruagem, foguetão, elefante, tigre, baloiço… e tantos outros feitiços de faz de conta sugeridos pelos meninos, mas num doce feitiço, cujo segredo foi para casa dentro de um frasquinho.




3 comentários:

Diana disse...

Sem dúvida, o doce de abóbora feita pelos meninos estava muito bom, eu aprovo. Parabéns pela magia pois são cozinheiros de mãos cheias!

Anónimo disse...

Parabéns pela doce e brilhante ideia que tiveram.A Rita adorou fazer a compota e nos cá em casa adoramos come-la .Bjs doces.Luisa

Silvia Mota Lopes disse...

Que delicia!!!