domingo, 16 de dezembro de 2012

MANHÃ PARA VER CRESCER O SILÊNCIO





Adormecera embalada

pelos gritos do mar

e pelo céu vira ainda voar

as conchas que empurradas

de vento rendiam as estrelas.

Esperava a manhã

para encher a alma de vento

e ver crescer o silêncio.



2 comentários:

Rita Freitas disse...

Encher a alma de vento e de mar, Tão bom!

bjs

Silvia Mota Lopes disse...

Lindo!! :)
um Feliz natal e um 2013 cheio de surpresas boas:)

dá-me a morada do teu JI por e mail e o teu tlm :)

beijinhos