quinta-feira, 15 de novembro de 2012

A FADA QUE NÃO HAVIA





Era uma vez uma Fada que não havia…

Quer dizer, haver havia, só que ninguém a via.

Ninguém, ninguém, também não é verdade.

Só a Bruna via a Fada que não havia, mas que ganhou contornos na espuma que ofereci aos meninos para inventarem o que lhes apetecesse.

E foi assim que apareceu na mesa 

a Fada de espuma que não havia

mas que a Bruna

tanto queria!

3 comentários:

Mar Arável disse...

Ficção e realidade

Belo

Silvia Mota Lopes disse...

:)
beijinho

myfamily silva disse...

só mesmo a nossa "loira" para ver mais além... bjs de espuma para todos. :)