quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

HISTÓRIA NUM CÉU CARREGADINHO DE ESCURO





A história que vou contar contou-ma o Afonso esta tarde enquanto desenhava, o céu, um pássaro, uma estrela e um coração vermelhinho.

Ouve com atenção Professora…

Era uma vez um céu carregadinho de escuro e nesse céu morava uma estrela “voante!”

Chamava-se “voante”, porque nunca estava quieta num sítio. Gostava de andar de um lado para o outro para conhecer todos os cantinhos do céu. E era muito difícil dizer ao certo onde ela estava, pois quando se deixava ver era tão rápida que logo desaparecia.

A estrela era muito parecida com um pássaro. Quer dizer, era só parecida porque gostava de voar. Porque um pássaro tem penas e as estrelas fios de luz para iluminar o céu todo, a Terra e as pessoas.

Ora cá mais em baixo, estava um pássaro que não gostava de ir dormir cedo. Gostava de ficar a olhar as estrelas e no dia em que descobriu a estrela “voante” gostou logo dela! Percebeu que ela tinha qualquer coisa de pássaro e ficou muito apaixonado. Tanto, que quando à noite esperava por vê-la à janela do ninho onde morava, viu o seu coração vermelhinho de pássaro voar pelo céu…

Porque já se sabe que os pássaros não voam tão alto como as estrelas, mas o coração sim.

A estrela ainda não sabe que o pássaro está apaixonado por ela. Mas é só porque o coração vermelhinho do pássaro ainda não conseguiu encontrá-la. Talvez se ela voar um bocadinho mais devagar…



Esta foi a história maravilhosa que ouvi e peço desculpa ao Afonso por só não conseguir escrever o brilho que a” Estrela Voante” deixou nos seus olhos.


9 comentários:

Silvia Mota Lopes disse...

Que linda e o coração do Afonso também:)
beijinho grande.)

Lídia Borges disse...


É a primeira história mágica que me contam este ano. Estou encantada!
O Afonso vai encontrar a sua estrela "voante" muito depressa porque não tem medo de voar.


Um Ano repleto de Poesia!

Beijo meu

Rita Freitas disse...

Uma ternura esta história.

Obrigado por partilhar.

Beijinhos e ao Afonso também

Júlia disse...

É tão bom chegar aqui e ficar com o coração cheio de encantamento.
Que história maravilhosa!
Pra mim o Afonso puxou à Mestra!
Porque eu sei do brilho dos teus olhos quando ouves histórias que os meninos te contam.
Isto é que é começar bem o Ano!
Beijinhos Amiga.

António Carneiro disse...

Muitos parabéns ao Afonso, certamente terá sido inspirado pela musa do "Búzio do vento". Só mesmo a imaginação de um menino com 5 anos, pra vêr "Num Céu Carregadinho de escuro" tamanha luz brilhante...
Bem haja

Beijinhos dos Pais do Afonso.

cecil disse...

olá ! antes de mais desejo -lhe um FELIZ ANO 2013 ..

linda historia a do Afonso as crianças tem uma imaginação que nos deixam de boca aberta ... obrigada professora Teresa por partilhar estas historias lindas .
beijinho para o Afonso e para si um xi apertadinho .

joanacruz disse...

Na imaginação das crianças tudo é possivel...pássaros apaixonados por estrelas,sapos verdes apaixonados por patas brancas, etc...

O problema é que nem sempre os adultos têm perspicácia, paciência e compreensão para histórias como estas.

Muitos parabéns ao Afonso que me comoveu e um bem haja à professora por ser como é!

Beijinhos e feliz 2013

xn disse...

E que alto voa o Afonso!
É tão bom ver que ainda há "gente" que deixa as crianças voar!
Já aqui escrevi e volto a escrever: por que é que não te conheci mais cedo? A minha filha ia adorar! Na sexta andava "louca" para te dizer que, tal como tu, ela também sobe às árvores.
Bjinho grande para ti e para os meninos.

Diana disse...

Linda realmente! Até eu fiquei com um brilho nos olhos!